12 novembro, 2006

Sexta-feira na estação Sé. Faltando três minutos para as seis horas da tarde, oito pessoas saíram do penúltimo vagão do metrô (apenas). Nenhuma delas olhou pra cima, ninguém olha pra cima.